José Paulo Fafe

Cá se fazem, cá se pagam (Parte II)

QUEM PARECE ter ficado “piurso” com este episódio da frustrada ida de Bernardo Bairrão para o MAI foi o também comentador da TVI Luís Marques Mendes. É que tudo indica que o responsável pela indicação de Bairrão ao seu amigo e agora ministro Miguel Macedo foi o antigo líder do PSD. Mas enquanto Mendes estará triste, o casal Moniz já deve ter aberto, pelo menos, uma garrafa de champanhe…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *