José Paulo Fafe

BRIIIIIIIIOOOOOOOOOSA!

DAQUI A umas horas, a partir das seis da tarde, estarei colado à televisão a torcer sem limites para que, em Coimbra, a “minha” Académica elimine o Vitória de Guimarães e assegure a presença na final da Taça de Portugal. Seria a terceira vez que teria a oportunidade de ver o meu clube subir ao relvado do Jamor (depois das finais perdidas contra o Vitória de Setúbal e Benfica no final dos anos sessenta) e tentar reconquistar o troféu que em 1939, na sua primeira edição, a “Briosa” conquistou. E como dizem que “à terceira é de vez”, esperança é coisa que não me falta. Apesar da Académica ter perdido quase toda a sua identidade, de ter como presidente alguém que não tem vergonha na cara, de pouco ou nada ter a ver com a “Briosa” de outros tempos, citando alguém a quem li ontem num qualquer jornal, “o coração tem razões…

1 comentárioDeixe um comentário

  • 100% de acordo apesar ser benfica

    relembro com emoção aquela final jamor

    com policia choque a volta

    um jogo heróico em que todos torciamos por um Portugal melhor…

    tambem estarei ver jogo TV, merci sua lembrança

    temos que recuperar estas solideriedades e valores

    abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *