José Paulo Fafe

Brasil: novo partido

O CENÁRIO político brasileiro, que tem no PT e no PSDB os principais partidos e com o PMDB numa posição de “charneira” que lhe permitiu durante os governos Lula deter algum poder efectivo em Brasília, ameaça transformar-se durante os próximos. Já não bastava o meteórico crescimento do PSB que nas última eleições conseguiu eleger 6 governadores, 3 senadores e 34 deputados federais, eis que surge agora o PSD – um novo partido liderado por Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo, que reúne os muitos descontentes do DEM (o partido teoricamente mais à direita no espectro político brasileiro) e que parece também estar a fazer alguma “mossa” junto do PSDB e do PMDB. Neste momento e ainda sem estar formalizada a sua constituição, é dado como certo que o novo partido conta já com as adesões de vulto em 20 dos 27 estados, conseguindo reunir senadores, deputados e vice-governadores e tornando-o num potencial “player” de respeito já nas eleições municipais do próximo ano.

1 comentárioDeixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *