José Paulo Fafe

A bota que não bate com a perdigota…

JÁ PASSARAM alguns dias sobre aquela estranhísima (para não dizer outra coisa…) intervenção presidencial, o assunto estará certamente mais que “estafado”, mas por muito que tente há ali qualquer coisa que eu continuo sem perceber… É que, a propósito da publicação no “Diário de Notícias” de um e-mail entre jornalistas do “Público”, Cavaco SIlva afirmou: “Será possível alguém do exterior entrar no meu computador e conhecer os meus e-mails? Estará a informação confidencial contida nos computadores da Presidência da República suficientemente protegida?”. E o que é que uma coisa tem a ver com a outra? Ou seja: o que é que um “e-mail” enviado pelo editor de um jornal a um jornalista na Madeira tem a ver com os computadores do Palácio de Belém? Ou isto “traz água no bico” ou então, lá para as bandas da Presidência, a tensão por lá vivida nos últimos tempos fez sequelas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *