José Paulo Fafe

Bem prega frei Tomás…

Não resisto a transcrever uma mordaz e certeira “nota” da secção “Cocktail” da edição de hoje do semanário “Sol”, onde, com uma fina ironia, o autor consegue em quatro ou cinco linhas “desmontar” a aparência pública de um badalado casal que teima em manter uma imagem que os factos muitas vezes desmentem. Ou será que o primeiro-ministro odeia que lhe estacionem mal o carro, ou a discretérrima D. Fernanda nunca escreveria sobre um mau-estacionamento de um outro primeiro-ministro qualquer na sua sempre oportuníssima coluna semanal? É uma dúvida que fica:
Fernanda Câncio não será a Primeira Dama, mas parece manter o estatuto de Primeira Namorada – apesar dos rumores sobre zangas entre ela e Sócrates. Quarta-feira da semana passada apareceram juntos, para se reunirem a amigos, ao jantar, no restaurante japonês Sakura, em Entrecampos. Provavelmente, mal saiu do jantar, foi alinhavar uma crónica contra os primeiros-ministros que, em manifesto abuso de poder, deixam o carro mal-estacionado à porta do restaurante, com um segurança público a guardá-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *