José Paulo Fafe

Bem prega frei Tomás…

CONFESSO QUE dificilmente consigo conter um sorriso quando leio as notícias que dão uma tal Clara Costa como acusada pelo Ministério Público num processo relacionado com “despesas sumptuárias, supérfulas, indevidas ou ilícitas (…) em proveito próprio“, enquanto administradora da empresa municipal Gebalis. Conhecendo eu a sujeita em questão, bem como a sua insuportável e arrogante mania em arvorar-se em guardiã de uma pretensa “moral e ética” que, pelos vistos e a acreditar na acusação, afinal não passava de um “blábláblá” inconsequente, não resisto também a lembrar que a referida Sra. Costa foi indicada pessoalmente pelo Dr. Marques Mendes (de quem foi assessora) para o cargo, ao tempo do inefável Prof. Carmona Rodrigues à frente da autarquia lisboeta. Em casa de ferreiro, espeto de pau…

1 comentárioDeixe um comentário

  • assessora de quem Marques Mendes?
    HAHAHAHAHA
    Aconselhada ao Carmona? Quem Carmona?
    HAHAHAHAHAHAHA
    O Isaltino bora aí fumar um charuto, olha lá ò Valemtim abre essa garrafa de Martin’s.
    E assim estes dois pe(s)cadores estiveram até às tantas a festejar! Porque afinal o peixe morre pela boca!
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA…eh pá bamo-nos deitar…já é tarde!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *