José Paulo Fafe

Bem prega frei Tomás…


CERTAMENTE ASSOBERBADO com o seu trabalho como consultor de um conhecido escritório de advocacia da capital, Luís Marques Mendes mal deve ter tempo para preparar  o espaço de comentário político que semanalmente a SIC insiste em conceder-lhe. Ou então, outra hipótese: o respeito que lhe merecem os telespectadores é nulo, tomando-os por “patós” ou, no mínimo distraídos… Só assim se pode interpretar a forma como recentemente o antigo líder do PSD e posteriormente aplicado e irrequieto consultor da “Abreu Advogados”  abordou o “caso Espírito Santo”, criticando a alegada promiscuidade entre política e negócios. Diz ele, com uma “lata” verdadeiramente notável e usando aquele seu ar que tão tão doutoral roça o ridículo que  “à política o que é de política, aos negócios o que é de negócios”… E como se não chegasse, conclui: “É bom que os banqueiros queiram fazer negócios e ganhar dinheiro, mas têm de ter cuidado com a ganância”. Pois, ’tá bem abelha…

2 ComentáriosDeixe um comentário

  • Amigo Zé Paulo
    Por falar em ganância,
    António Costa
    que nem sabe ainda se vai ganhar as eleições no Partido, e eu nesse sentido nem me aquece nem me arrefece pois de Socialista tenho ZERO e portanto “é para o lado que deito melhor saber quem é o líder desse Partido, pede maioria absoluta na AR!!!
    Imagine-se onde o homem já vai.
    O que a mim me aquece e muito é a falta de discurso de alguêm que parece ser Astrólogo (ou será Tarólogo) e apresenta desde já uma dose grande de dupla presunção. A de ir ganhar as eleições no Rato e a de ganhar depois as Legislativas.
    Isto quando ainda nem saiu da Câmara de Lisboa.
    Aquece porque se realmente Costa tem a graça das suas profecias eu quero saber o que vai fazer quando estiver no poleiro.
    É que nunca votei Cavaco nem Sócrates e tive que os aguentar!!!
    Todos sabemos como se transformam, como prometem o que nunca ou o que farão e como depois fazem o que prometeram não fazer e nada fazem do que diziam executar.
    Cavaco foi Rei, mas depressa destronado por Sócrates que nos deixou na banca rota e aparece Passos que destronou em menos de 6 meses os outros dois.Nunca vi um homem mentir tanto, politicamente, como o actual PM.
    Não rouba como outros fizeram?Espero bem que não.
    Encontrou o País numa miséria deixada pelo Ditador Sócrates?Claro que sim.
    Mas não deixa de ter mentido uma e outra vez sem pestanejar.
    Ver os vídeos da Campanha e depois assistir ao que fez e não fez é abismal,revoltante,vomitivo.
    Nem por um só segundo me passou pela cabeça que Passos e o PSD não sabiam o que iam encontrar.
    Essa é a desculpa dos fracos que tentam desculpar as atrocidades feitas até agora. A prova é que Manuela Ferreira Leite sabia e disse-o na Campanha contra o Ditador.
    Só não a ouviu quem não quis!!!!
    Se Manuela sabia, Passos melhor, pois teve ainda mais tempo para estudar os dossiers!!!
    Passos não fez NADA do que nos teria dado oxigénio, à economia e ao Estado.
    Não cancelou os Swaps,não acabou com as PPP´s, continuou o trabalho de Sócrates na Banca, ou seja, salvar o bloco central metido até ao pescoço em trafulhices e negociatas injectando milhares de milhões de euros dos portugueses nessas instituições, continuou a pagar “rendas” e “subsídios” a empresas privadas como a EDP,manteve a máquina do Estado a gastar cada vez mais e até criou empresas que continuam alegadamente um serviço altamente suspeito,como a Parvalorem.
    (continua)

  • (continuação)
    Isso sim fez à grande e à francesa o que prometeu várias vezes durante a campanha que JAMAIS faria.
    Cortes nas reformas,nos ordenados,nos 13º e 14º,aumento de impostos disparatados.
    O Ex-Ministro das Finanças, que mais parecia um louco de internamento, executou o pior que pode as ordens alemãs.Foram mais papistas que o Papa e arruinaram o crescimento da economia,aumentaram de forma dramática o desemprego.
    Sócrates deixou o Toro em agonia e estes deram-lhe a estocada final.
    Por isso aquece-me Costa!!!
    Não ouvi ainda nem uma palavra do que quer fazer e como o vai fazer.
    Vai acabar com os mamões do regime? ou vai ele tambêm juntar-se aos alarves?
    Vai acabar com as PPP’s? Com as rendas “ás EDP’s da vida”?Com os swaps?
    Com as Fundações ligadas aos Partidos e/ou amigos dos mesmos?
    Vai acabar com empresas,depois duma exaustiva investigação e auditoria,como a Parvalorem?
    Vai acabar com a pornografia bancária?Meter o Banco de Portugal a trabalhar,coisa que não faz há mais de 30 anos?
    Vai acabar com os gastos exorbitantes dos Partidos e Governos?como 16 motoristas para uma só pessoa, 12 assessores e loucuras do género?
    Vai investigar todos os “poderosos” de turno que continuam a passear alegremente pelas Ruas e que tudo indica que estão metidos até aos ossos em escândalos financeiros, tráfico de influência,luvas,cobrança de dinheiro ilegal?
    Que quer Costa? Para que quer Costa o poder? Que o move?
    Ainda não li nem ouvi nada sobre o tema da parte dele e pior, tambêm não vi nem ouvi da parte dos Jornalistas de turno essas perguntas tão pertinentes como necessárias para uma vida saudável duma democracia que de momento, simplesmente não existe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *