José Paulo Fafe

Bem haja, imbecil…

NÃO QUERIA deixar de agradecer singela e reconhecidamente a um imbecil qualquer que nos últimos dias, sob o sempre confortável e cobarde anonimato, me tem dedicado uma atenção que sinceramente não creio merecer, remetendo-me inúmeros comentários insultuosos onde, a propósito de acentos, proposições e outras figuras gramaticais, dificilmente esconde uma raiva sem nexo e própria do sevandija que certamente é. Mas o que realmente me causa alguma confusão é o tempo que esse paspalhão perde comigo e com os meus post’s, algo que não acredito merecer. Tivesse eu tempo e também o perderia a “cruzar” IP’s e latitudes e longitudes, de modo a descobrir a identidade do pulha em questão e ter uma uma “conversa de pé de orelha” com a bestunta criatura. Mas felizmente tenho mais que fazer e, além do mais, sempre ouvi dizer que “mais depressa se apanha um cretino que um coxo”… Capicce ou será preciso fazer um desenho para dissipar qualquer dúvida?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *