José Paulo Fafe

Basílio a caminho das Necessidades?

COM A mais que provável saída (por vontade própria) de Luís Amado da chefia da diplomacia portuguesa, começa a ser visível alguma agitação nalguns círculos socialistas (e não só…) relativamente ao novo inquilino do palácio das Necessidades. E apesar do inefável José Lello continuar a tentar montanhas no sentido de cumprir o seu sonho, parece que ainda não é desta que José Sócrates, por muitas “facturas” que lhe ponham à frente, permitirá que o antigo secretário de EStado das Comunidades de António Guterres se sente na cadeira do gabinete do primeiro andar do Largo do Rilvas. A caminho parece estar Basílio Horta, que não esconde o seu “apetite” pelas Necessidades e cuja nomeação permitiria a Sócrates ter um pretexto para “matar” as ambições de Lello, Cravinho e até de Seixas da Costa.

1 comentárioDeixe um comentário

  • Os interesses falam sempre mais alto.
    Vejamos, a TVI que não se tem calado nas acusações a Sócrates, permite agora, no seu novo canal, a presença da amiga Fernanda Cãncio.Fica tudo numa boa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *