José Paulo Fafe

Assim não vão lá…


ESSA DO Partido Socialista encarregar o famigerado Rui Paulo Figueiredo (o frustrado e desastrado “espião” do gabinete de Sócrates, lembram-se?) de ser o seu porta-voz numa questão que, pelo que percebi, se resume ao facto gravíssimo de um ministro do governo português (no caso, Miguel Relvas) ser amigo de José Dirceu “não lembra nem ao careca”.
E a ser verdade que Relvas é amigo de Dirceu (eu sou, já agora – diga-se de passagem…) qual é o problema? Porventura o facto de, por exemplo, nos anos 90, o então Presidente da República  Mário Soares ter o ex-primeiro-ministro italiano Bettino Craxi, foragido à justiça, entre os seus amigos, foi razão para cair o carmo e a trindade? Existe até uma grande diferença: enquanto Dirceu acatou a sentença do Supremo Tribunal de Justiça  brasileiro e aguarda serena e civilizadamente o dia em que irá cumprir pena de prisão, Craxi deu às de “vila diogo” para a Tunisia… No mínimo, ridículo esta precipitação do Largo do Rato. Assim não vão (mesmo) lá…

2 ComentáriosDeixe um comentário

  • Amigo ZPF
    Depois de uma análise profunda dos últimos 5 anos da política portuguesa, dos políticos portugueses e dos amigos dos mesmos que se enchem diariamente com PPP’s, Fundações e Institutos e que se encherão agora com os novos “negócios” que já estão em cima da mesa, chegamos à triste conclusão
    ( triste para nós que pagamos com a miséria tudo isso, lógico ) de que assim não vamos lá.
    Nós não vamos a lado nenhum. “Eles” sim vão.
    Socialistas ou Sociais Democratas, com CDS,Bloco e PCP ou sem, vão sempre a bom porto……
    Não me preocupo com quem não chega agora ao poder.
    Saem sempre a ganhar!

  • Meu caro

    É claro que “assim não vão lá”, agora que mal é que tem quem é amigo de José Dirceu?… e logo Miguel Relvas, se que que lhe diga, é o ministro mais corajoso deste governo, dá a cara, vai à luta, está presente e não se esconde, é um grande ministro! e o tempo, há-de de lhe dar razão.
    Votos de um Santo Natal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *