José Paulo Fafe

As vantagens de Fernando Nogueira

A SER verdade, a notícia publicada hoje em alguns jornais e que dá como certo que Fernando Nogueira integrará o próximo governo, representa para mim uma garantia que Pedro Passos Coelho teve o condão de chamar para junto de si alguém que personifica credibilidade, confiança e seriedade. Ainda que não acredite que o antigo ministro da Justiça e da Defesa ocupe um outro cargo – no mínimo… – que não o de ministro de Estado, a sua hipotética entrada no futuro executivo é um sinal claro dado em várias direcções: a Belém, desencorajando quem pudesse ter a tentação de querer “meter o bedelho onde não é chamado”; ao Caldas, mostrando que o governo serve para governar e não pode ser palco para jogadas e “números”; e finalmente para o Rato, dando a garantia que do lado do governo existe alguém confiável e com quem se pode negociar – a começar pela óbvia e próxima revisão constitucional.

1 comentárioDeixe um comentário

  • concordo com a tua opinião. Mas não deixo de pensae que Fernando Nogueira teria sido um excelente cabeça de lista por Lisboa e um óptimo presidente da assembleia da república. Poupando o partido a este enorme embaraço chamado Fernando Nobre

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *