José Paulo Fafe

As exigências de Raul Castro


PARA QUEM se interessa pelo processo de normalização das relações entre Cuba e Estados Unidos, o discurso que Raul Castro proferiu hoje na cimeira da CELAC (Comunidade dos Estados Latinoamericanos e das Caraíbas) em S. José da Costa Rica não pode passar despercebido. Dois dias depois de Fidel Castro ter tecido algumas críticas aos Estados Unidos, Raul visivelmente “esticou a corda”, ao condicionar o anunciado diálogo entre os dois países a uma série de exigências, nomeadamente o fim do bloqueio económico, a retirada de Cuba da lista dos países patrocinadores do terrorismo e o encerramento da base naval de Guantanamo. Claramente uma “dor de cabeça” para Barack Obama, a quem este endurecimento de posição por parte do regime cubano não contribuirá para desbloquear as resistências que ainda existem no congresso norte-americano relativamente ao fim das sanções económicas a Cuba.

1 comentárioDeixe um comentário

  • Amigo ZPF
    “Pois” teve que ser…
    Os barões do regime Castro já andavam irritados com os beijos na boca de Raul ao negro bonitão do outro lado do mar….
    Uma no prego…..
    Quem não dorme há uns dias é aquele senhor que cobra um salário imenso de Presidente de Câmara de Lisboa e há mais de um ano que não põe lá os cotos…
    E A MONTANHA PARIU UMA GRANDESSÍSSIMA RATAZANA!!!
    A onda “socrista” patética que não descansou enquanto não meteu o Seguro na rua para pôr no poleiro o “número dois do regime/banca rota” anda agora em maré de azar…Costa não tem ideias (diria que não tem ideia alguma de nada) e as sondagens ficam longe do que eles queriam.
    As visitas a Évora,a ligação e veneração dos “costistas” a Sócrates e um Partido Socialista “velho”, mais do mesmo e com uma lista indeterminável de fracassos governamentais (sempre que são Governo deixam-nos na banca rota, SEMPRE!!!) e as últimas notícias do desgoverno na Câmara de Lisboa e pior que isso, o “esconder” de contas para falsear os gastos, acabaram com o elefante branco duma ideologia caduca.
    Mas não se alegrem os PSD’s com as minhas palavras pois o mesmo diria do Partido da São Caetano.
    Está podre como o do Rato!!!
    “Muitos dirigentes do PS começam a querer saber quais os planos do líder e questionam-se sobre por que não dispara o PS nas sondagens………
    O secretário-geral do PS deverá explicar, esta quinta-feira, o que tem feito e o que pretende fazer para o país. É, pelo menos, o que esperam muitos dirigentes da comissão política do partido, que se reúne logo à noite.
    A reunião deverá servir para analisar a situação política e, apurou a Renascença, António Costa poderá ouvir algumas críticas pelo facto de o PS não disparar nas sondagens e pelo líder apresentar poucas propostas alternativas ao Governo.”
    POIS É….
    COMEÇAS BEM,”REI NA BARRIGA” ,VAIS TER UM LINDO ENTERRO POLÍTICO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *