José Paulo Fafe

Ao que isto chegou!


A PROPÓSITO de um post no blog do embaixador Francisco Seixas da Costa que teve o condão de me chamar a atenção para uma chamada de capa do jornal “i” (“Ex-colega do avô de Vítor Gaspar esteve na manif da UGT“) tive o privilégio de receber um mail de alguém de quem não tinha notícias há muito tempo – do Tó, aquele que é filho da prima do tio-avô da mãe da mulher do nosso ministro das Finanças:
 “(…)A minha mãe, a Adozinda, está desolada. Prima do tio-avô da mãe da mulher de Vítor Gaspar tinha combinado com a Efigénia, a prima-direita do tio do pai do ministro das Finanças que se iam encontrar na manif de ontem e no fim de contas desencontraram-se… “Que ferro!“, como diria o Eça, esse escritor favorito da mãe da  cunhada de Vítor Gaspar e cujo avô, o Alberto, até foi seu contemporâneo nas lides diplomáticas – enquanto José Maria servia em Havana, ele andava por terras gaulesas, salvo erro em Lyon. Bom, mas voltando ao encontro falhado da minha mãe com a Efigénia… Esta ficou tão contente com a perspectiva de voltar a ver a sua amiga que dois dias antes até avisou a sua antiga colega de escola, a tagarela da Maria Cristina, do que ia acontecer. E a Maria Cristina que até tinha trabalhado nas Águas da Covilhã com o pai do sobrinho-neto da prima-direita do tio por afinidade do Vítor Gaspar chegou a dizer-lhe que se chegasse a tempo de uma ida a Manteigas onde foi visitar a mãe – que conheceu muito bem aquela senhora que chegou a namorar com o cunhado da tia da mãe da mulher do ministro – que iria ter com elas! Mas a minha mãe esqueceu-se de dizer à Efigénia que a manifestação dela era a da UGT. Resultado? Por muito que tivesse procurado a amiga, não a conseguiu achar na Avenida da Liberdade, porque a outra tinha rumado à festa da CGTP, lá para os lados da Alameda. O que lhe valeu foi ter encontrado o João Biscaia, lembram-se? Aquele foi colega do avô do Vítor Gaspar na fábrica lá em Manteigas! Estiveram á palheta durante toda a manifestação, até ter chegado uma senhora jornalista que interrompeu a conversa deles e pôs-se na conversa com ele(…)

4 ComentáriosDeixe um comentário

  • Amigo ZPF
    O que se passa neste País, a mentalidade do povo português, nesta República defeituosa, é de tal forma “estranha” que foge da razão…….
    Falando em República,na República Portuguesa acontecem coisas que nos deixam, a qualquer Sociólogo, boquiaberto.
    Faz sempre confusão, impressão e até provoca certa repulsa ver gente festejar Ditadores, gente de ideologias nefastas que têm sangue nas suas mãos.
    Não só é assassino quem mata. Também o é quem manda matar ou concorda com os dois últimos.
    É por isso que me repulsa ver como o Partido Comunista festeja o centenário de Cunhal.
    Antes de mais, provoca repulsa em qualquer democrático ver um Partido de ideologia sanguinária viver em Liberdade e comungar das mesmas regalias dos Partidos democráticos.
    A nossa Constituição não permite Partidos de ideologias “Fascistas” portanto o Partido Comunista é ilegal. É ilegal há quase 40 anos e ninguém diz nada por hipocrisia.
    Não vou perder tempo em explicar o que os Comunistas fizeram desde 1917 até agora.
    Está aí. Está à vista.
    Na Coreia do Norte continuam as mortes, os assassínios num regime sanguinário e nefasto que o Partido Comunista Português apoia e recusa-se a criticar sempre que há votação na AR nesse sentido.
    É realmente incrível mas é verdade.
    O mesmo acontece com todos os ditadores Comunistas em Angola,Cuba,China.
    A hipocrisia democrática portuguesa é de tal maneira que até os média portugueses lhes dão voz como se um Partido mais se tratasse.
    Para festejar Cunhal então tínhamos que festejar todos os anos o 28 de Abril, dia em que nasceu António Salazar.
    Nunca mandou fuzilar ninguém e na sua criticável ditadura nunca fechou as fronteiras.
    Era difícil ir a Espanha mas porque os Espanhóis dificultavam a entrada, não porque a ditadura de Salazar dificultasse a saída.
    O mesmo Cunhal que viveu em plena Praça Vermelha no coração do seu amado Kremlin num Hotel de luxo, quando foi preso em Portugal estudou o que quis e deixou de querer.
    Teve todos os livros que pediu para estudar e Licenciou-se em Direito em plena prisão Salazarista.
    Era um homem inteligente., claro que sim.
    Também Lenine o era, Estaline, Hitler, Franco, Mussolini.
    Todos os ditadores o são ou não conseguiriam manter-se no poder pela força.
    Manhosos, espertos, raposas velhas que com os dinheiros do Estado, do povo, compram geralmente os militares, facilmente vendíveis para manter-se onde querem.
    Basta olhar para Angola para ver como é.
    Na sua amada União Soviética quem não estava de acordo com a Ditadura sanguinária, ia parar à Sibéria e morrer congelado se conseguisse escapar às balas dos fuzilamentos massivos.
    Esta é a verdade e só os mente-captos o podem negar.
    Festejar Cunhal não só é uma afronta à Liberdade como a uma Nação que se diz democrática.
    Ver gente como Judite de Sousa sentada com aqueles aprendizes de ditador todos a festejar um tipo como Cunhal é como mínimo chocante.
    Senhoras como ela deviam ser cabeças de lista de alguma petição para ilegalizar o Partido Comunista Português, aliás, nada mais que fazer cumprir a nossa Constituição!!!

  • Amigo ZPF
    E existem os corajosos, geralmente postos de parte, e os cobardes….
    Não só hoje mas mais que nunca senti VERGONHA de ser Português e nojo de Passos Coelho pela sua cobardia.
    Como gosto de explicar as coisas passo a fazê-lo.
    Vergonha porque tenho a mesma cidadania que um PM cobarde.
    Cobarde porque as pessoas que batem nos mais fracos são-o.
    Não faço ideia se Passos Coelho toma Valium 10 para dormir mas quem tem medo dos interesses financeiros, continua a pagar “rendas e subsídios” com o nosso dinheiro a empresas como a EDP,não toca nas PPP’s nem na Banca e recorre aos reformados para arranjar dinheiro para tapar os buracos que décadas de loucura deixaram é um cobarde!!!
    Isto é uma vergonha e tem que acabar.
    Não posso deixar de dizer que hoje o CDS-PP caiu bastante na minha consideração!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *