José Paulo Fafe

António Capucho


TENHO FRANCA simpatia pessoal por António Capucho  isto além de, como cascalense,  estar-lhe grato por ter sido decisivo, enquanto presidente da Câmara, a protagonizar a devolução à minha vila de um espírito e de uma qualidade de vida que, ao longo de anos, algumas criaturas hipotecaram e tentaram deliberadamente destruir. Exactamente por isso – pela estima e pela gratidão que Capucho me merece – não consigo perceber muitas das suas recentes tomadas de posição e em particular a exposição pública a que se sujeita no afã de ser candidato a qualquer coisa. 

1 comentárioDeixe um comentário

  • É que há gente que mesmo “boazita” não consegue ultrapassar o sentimento de “corno duro”… o Capucho gostava de ser membro do Conselho de Estado e o Passos Coelho, o Cavaco ou lá quem seja, apearam-no…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *