José Paulo Fafe

Alô Horta Seca, aqui Bruxelas…

DO MESMO modo que percebo (e sei…) a influência que Marques Mendes exerce no Ministério da Administração Interna, onde só o jovem e ao que me dizem eficientíssimo secretário de Estado Lobo d’Ávila escapa à “tutela” do antigo líder do PSD, “cheira-me” que no super-ministério da Economia, o controverso Álvaro Santos Pereira anda muito pouco imune a recados, pedidos e pressões da dupla Durão Barroso-José Luís Arnaut, desde sempre muito cúmplices no que diz respeito à colocação de pessoas da sua confiança pessoal e política em lugares dito “sensíveis”.  

2 ComentáriosDeixe um comentário

  • E enquanto se dedicam a essa forma lamentável de ganhar com a política, bem à maneira que tanto criticaram e bem durante 6 longos anos no “tempo da gaja” de Sócrates, Portugal vai entrando mais e mais na mais vergonhosa das misérias.
    Os Ministérios colapsam a olhos vistos e não dou 6 meses mais para um bom escândalo que deliciará a esquerda do Champagne. A ilegalmente legal nem se fala….
    O “Primão” Louçâ do Gasparzinho
    ( primos direitos por parte da mãe do Ministro ), anda louco de alegria com o mal que se têm portado os Ministros, TODOS. Só escapa mesmo o PM que coitado sozinho não vai ir longe…….
    Lamentável e vergonhoso que assim seja!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *