José Paulo Fafe

Adeus, ó vai-te embora…

AINDA A propósito de futebol… Parece que ao fim de alguns longos e penosos anos, o chamado “desporto-rei” vai ver-se livre de uma das suas figuras mais reles e manhosas. A criatura em questão dirigiu até agora uma União de Leiria que apenas e só utilizou como instrumento e palco para muitas das suas patifarias, prejudicando tudo e todos, quase sempre como lacaio e moço de recados dos chamados “senhores” do nosso mundo da bola. Para trás, o sujeito deixa um rasto de tudo o que de podre pode ter o futebol e, também (a situação do clube fala por si…), deixa a penar muito e boa gente que, dentro e fora da cidade, alguma vez decidiu confiar em semelhante personagem. Adeus, ó vai-te embora…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *