José Paulo Fafe

A propósito do “Público”…


SOB O título “Duas páginas”, Paulo Gorjão publicou há algumas horas atrás um post no seu blogue “Bloguítica” que merece ser lido, ainda para mais numa altura em que o jornal “Púbico” vive uma crise que ameaça seriamente o seu futuro. Aqui fica: “Que o Público, que pretende posicionar-se como uma publicação de referência, dedique na sua edição de ontem duas páginas inteiras ~ repito, duas páginas na sua totalidade – a um livro que “ensina como fazer o curso [superior] ‘na maior'”, diz muito sobre o estado do jornal na actualidade. Estamos a falar, por mera curiosidade, de um jornal que quase arrancou o cabelo num transe de indignação com o caso da licenciatura de Miguel Relvas, mas que no lead do artigo em causa destaca, validando e/ou legitimando a tese dos autores, que “não é preciso andar sempre agarrado aos livros para se ter boas notas no ensino superior (…) muitos professores são chatos. Quase todos os alunos copiam”. Extraordinário. As mesmas virgens jornalísticas que se horrorizaram com as facilidades concedidas a Miguel Relvas na obtenção da sua licenciatura convivem bem com um artigo de duas páginas que faz a apologia do facilitismo no ensino superior. Moral da história? O Público é hoje uma sombra do jornal que foi no passado. Lamento.”

3 ComentáriosDeixe um comentário

  • Pior pior é a prisão do número dois de Lula, amigo de Relvas….
    Mas o que me leva a comentar aqui e agora, estimado ZP é a notícia vinda do frio…
    Gargalhada mundial…
    Meu Deus, até aos Nobel chegou a loucura total, a aberração, a vulgaridade suprema…….
    União Europeia Nobel da Paz….
    Francamente, isto começa a ser irrespirável……….
    Já agora deixo o link com o comentário do conhecido Jornalista do Telegraph….”The wrong Europe wins the Nobel peace prize”
    http://blogs.telegraph.co.uk/finance/ambroseevans-pritchard/100020723/the-wrong-europe-wins-the-nobel-peace-prize/

  • CPS
    O Nobel foi para a Doña Pilar del Rio. Dizem as más língua que foi ela que escreveu os últimos livros do marido quando alucinavam os dois na “lunática” Lanzarote.
    Um dia destes temos Gaspar a receber o Nobel monocordo da Agricultura. É que a verdadeira troika ( PPC ; MR e o próprio ) estão a transformar o povo português em estado vegetal….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *